terça-feira, maio 23, 2006

João Garcia no Kangchenjunga

Já por aqui tinha falado que o João Garcia, com o o apoio do Millennium BCP, está a desenvolver um projecto que visa conquistar todos os 14 cumes do planeta com mais de 8000m. Ontem conquistou o Kangchenjunga, a terceira montanha mais alta do mundo e a sétima com mais de 8000m no currículo do João Garcia. Deixo-vos um post retirado do blog da expedição onde o jornalista da SIC Aurélio Faria relata mais este feito do Himalaista Português:

“Que horas eram, Ivan?..” Em espanhol, João Garcia pergunta ao alpinista equatoriano as horas a que atingiu o cume do Kangchenjunga. “Eram 5 horas e 6 minutos!”. A resposta pronta, também em espanhol, é bem perceptível, na conversa por telefone satélite, estabelecida com Lisboa, a partir do Campo 4. Era já noite dentro, - 23 horas, hora nepalesa, fim da tarde em Portugal -, quando João chegou exausto à tenda montada aos 7700 metros e, depois de quase 24 horas de esforço ininterrupto na chamada “zona da morte”, se meteu no saco-cama para comunicar a conquista da terceira montanha mais alta do mundo. O cume do Kangchenjunga, que no dialecto tibetano do Sikkim significa a Montanha dos 5 Tesouros das Neves Eternas, foi alcançado sem oxigénio artificial nem carregadores de altitude; como companheiro de cordada, o português, que contava inicialmente realizar a escalada “a solo”, teve o experiente Ivan Vallejo, o alpinista do Equador que já subiu 12 dos 14 cumes de 8000m. “Agora já acredito e percebo quando me diziam que esta era a montanha mais dificil de 8 mil metros”. Com a respiração ofegante, João descreve as dificeis condições da ascensão final desde os 7700 metros até ao cume de 8856 metros. “O tempo estava bom, as condições meteorológicas foram favoráveis, tinha neve até ao tornozelo, mas foi ‘supertécnico’ até à última, é uma escalada mista, com muitas passagens de rocha e necessidade de fixar muitas cordas...” Com o Kangchenjunga, alcançado esta segunda-feira, 22 de Maio de 2006, João Garcia conquistou o seu sétimo cume de 8 mil metros - e só existem 14 no mundo inteiro - e confirmou o seu valor como o maior alpinista português.

Ligações interessantes:
Millennium BCP - Expedição ao Kangchenjunga
Blog da Expedição ao Kangchenjunga

2 comentários:

Sara disse...

Fónix, é o maior! Sempre a assomar...

Venha de lá esse tal de K2.

Sér Joe disse...

Vai Joao...
Mais um tuga que sai de portugal e prova que afinal a gente nao é um povo pequeno e tacanho...
O mais dificil é ultrapassar as barreiras de mente... nao as fisicas...
Forca para todos os guerreiros e lutadores porque vida há so uma, esta e mais nenhuma...