sexta-feira, janeiro 22, 2010

Há Concordes no Alentejo

O Concorde voava a 18.000 metros e a uma velocidade de 2.170Km/h.
Dono de uma existência profundamente marcada pelo nascimento atribulado, o Concorde não voltaria a voar depois de 24 de Outubro de 2003.
Contudo, e há sempre um "contudo" ou um "com-tudo"... um restrito grupo de artistas/génios decidiu recuperá-lo para missões ninja de espionagem.
Tudo aconteceu nos céus da Villa de Cabeça de Vide no fm-de-semana passado e há registos do feito...

Superiormente comandada por Ninjas (de uma facção super-especial-e-secreta deles cujos detalhes somos obrigados a ocultar) a missão de espionagem foi coroada de sucesso. A peça de engenharia luso-alentejana conseguiu invadir e recolher dados de capital importância a partir dos telhados das casas do vizinho-que-é-coveiro, do vizinho-que-é-bem-disposto, do vizinho-da-frente e do vizinho-que-já-lá-não-mora-e-por-isso-o-telhado-caiu.

Em breve o Concorde de Espionagem deverá voltar ao activo.



Bom... tudo isto para enviar um grande, grande, grande bem-haja à Daniela (há mais chapas no blog Lovely Impermanence), a dona do Angar, pela hospitalidade! :-)

1 comentário:

daniela disse...

Folgo saber que um dos protagonistas ninja da operação ultra secreta (que agora já não é assim tanto, dada a indiscreta publicação de imagens comprometedoras), sabe escrever com correcção o nome do local de operações.
:D ... um grande bem haja também pela vossa presença, boa disposição e auxílio nas intermináveis tarefas domésticas! Cuidem bem dos amores perfeitos ...